Um blog sobre qualquer coisa que valha a pena escrever.

Arquivo para a categoria ‘Cinema’

E se a Matrix rodasse no Windows XP?

Nada melhor do que começar o Ano Novo com humor. Então que tal imaginar como seria se a Matrix rodasse no Windows XP?

Confira abaixo e feliz 2009!

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Batman – O cavaleiro das trevas e O sonho de Cassandra

Para falar a verdade, eu nunca fui muito fã do Batman, mas ontem acabei indo ver o filme novo, Batman – O cavaleiro das trevas. Não sei se foi porque não vi o filme anterior, Batman Begins, mas quando a sessão acabou fiquei com a impressão de que todas as ações em cima do lançamento desse novo filme foram muito barulho para nada. Achei ele longo demais e que uma das poucas, senão a única, coisas que se salvam é a atuação do Heath Ledger como o Coringa.

Mas acho que a minha opinião faz parte de uma grande minoria. No e-Pipoca o filme está com cotação 9,5/10 e no IMDB 9,7/10. Algumas pessoas chegaram até a dizer que esse é o melhor filme de super-heróis de todos os tempos, então vou dar uma 2ª chance a ele e se a minha opinião mudar, posto aqui.

O que salvou a ida ao cinema ontem foi O sonho de Cassandra, escrito e dirigido pelo Woody Allen. Eu sabia que ele é um diretor super respeitado, só que eu nunca tinha visto nenhum filme dele (eu sei que eu mereço um coro!), nem esperava nada de O sonho de Cassandra. Mas gostei tanto que pretendo ver outros filmes do diretor nova-iorquino o mais rápido possível.

O sonho de Cassandra é um daqueles suspenses que te surpreendem até o último segundo e, além da história, que é muito boa, ainda vale a pena ser visto por vários outros motivos: a sutileza da ironia, o sotaque britânico, que eu já odiei, mas hoje adoro, e a ótima atuação do Colin Farrell.

Depois de ontem, eu tenho ainda mais certeza que uma das coisas que mais estraga os filmes é a expectativa que a gente cria em cima deles. Muito melhor, apesar de difícil, é não criar nenhuma expectativa e deixar que eles surpreendam a gente.

Boa semana para todo mundo!

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Indiana Jones


Crédito

Estou fazendo uma sessão Indiana Jones. Semana passada assisti Os Caçadores da Arca Perdida, O Templo da Perdição e A Última Cruzada em DVD, e essa semana quero ver O Reino da Caveira de Cristal no cinema.

Por enquanto, o que eu posso falar é que gostei bastante dos 3 primeiros filmes, principalmente de A Última Cruzada. Também foi muito legal ver como os caras tinham que ser criativos para fazer os efeitos especiais, já que naquela época a computação gráfica não era tão desenvolvida que nem hoje.

Assim que eu ver O Reino da Caveira de Cristal venho aqui contar para vocês o que achei.

Boa semana para todo mundo!

Outdoor sangrento para divulgar Kill Bill

Para divulgar que Kill Bill, um filme em que o sangue literalmente jorra, estará na programação da TV2, a Saatchi & Saatchi Nova Zelândia usou uma mídia tradicional de uma forma alternativa para criar uma ação ambiente muito legal.

Feito dessa forma, esse outdoor, com certeza, não foi só mais um entre os vários que as pessoas vêem todos os dias.

Via.

Speed Racer

É lógico que Speed Racer não fez parte da minha infância, mas hoje fui ver a adaptação do anime da década de 60 para o cinema. O primeiro motivo foi a fama que o desenho tem ainda hoje. E o segundo, e principal, foi pela adaptação ter sido produzida pelos irmãos Wachowski, os mesmos da trilogia Matrix e de V de Vingança.

Achei o filme muito legal. A história é bem simples, mas as cenas de ação, que não param, garantem a diversão facinho. Sem contar que a fotografia, com uma câmera que chega até a tirar o fôlego, e a direção de arte, que é linda, já valem, por si só, o ingresso. Se você ainda não viu, veja. Se já viu, concorda com o que eu falei aqui?

Assista o trailer legendado:

Homem de Ferro

Acabei de ver o Homem de Ferro. Confesso que quando vi o trailer não fiquei muito animado não, e só resolvi assistir o filme depois que li uma crítica super boa da Isabela Boscov.

Eu concordo que a adaptação não é ruim, mas para mim também não chega a ser boa, apesar de várias cenas legais de ação. Eu gostei mesmo foi da crítica à indústria das armas (que me lembrou O Senhor das Armas), apesar de que num momento ela tenha dado a entender que os fabricantes não sabem o que realmente acontece com suas armas no Iraque, no Afeganistão e em tantos outros lugares. Querer que a gente acredite nisso é muita ingenuidade, mas tudo bem.

Assista o trailer legendado:

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: