Um blog sobre qualquer coisa que valha a pena escrever.

Posts marcados ‘Internet’

A democratização da Internet via lan houses populares


Eduardo Martino/Cocumentography

As lan houses populares estão mesmo bombando no nosso Brasil varonil século XXI. Depois de serem tema de uma série apresentada por Regina Casé no Fantástico, essa semana dão o ar da graça numa matéria muito interessante na Veja.

Local de acesso à Internet de mais de 32 milhões de brasileiros, metade dos usuários de Internet no país, as lan houses populares se espalharam por todos os lugares – só na favela de Heliópolis são 42 -, de fundos de casas particulares a salões de cabeleireiros e locadoras.

A matéria de Veja conta três histórias muito interessantes que destaco aqui:

  • Dejaíra Barbosa  é uma agricultora de Manari, sertão Pernambucano. Usa a Internet para consultar a previsão do tempo e “ficar sabendo o dia de plantar e de fazer as canaletas para estocar a água da chuva na barragem.” Numa cidade em que a água chega a faltar nas casas durante 20 dias seguidos, uma informação dessas vale ouro, ou quase.
  • Antônio Rodrigues Filho mora em Heliópolis – maior favela de SP – e lá possui um mercadinho com 16 computadores ligados na rede. O curioso é que ele não sabe nem ligar um computador. “Sou analfabeto, não tenho curiosidade nem paciência para fazer isso, não.”
  • Gleide Gomes mora na favela de Antares, no Rio e vê como como um investimento o tempo que os três filhos passam em lan houses da vizinhança. Como a família mora em uma área dominada por uma facção criminosa, o passatempo evita que os filhos fiquem na rua, à mercê dos traficantes.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui. Vale muito a pena.

o dia de plantar e de fazer as canaletas para estocar a água da chuva na barragem
Anúncios

Veja Meus Livros

A Veja está lançando, neste sábado, um aplicativo muito legal para quem, como eu, adora livros. Chamada de Veja Meus Livros, a ferramenta funciona, por enquanto, somente no Orkut, mas será expandida, no futuro, também para o Facebook.

Através dela, os participantes podem compartilhar suas bibliotecas virtuais, listando os livros que já leram, os que estão lendo e os que pretendem ler. Ainda há a opção de escrever resenhas e comentários sobre cada livro.

Um diferencial interessante do aplicativo é que, ao contrário de O Livreiro, onde é necessário criar toda uma nova rede de amigos, Veja Meus Livros permite utilizar a rede já existente no Orkut, maior site de relacionamento do país, com 27 milhões de usuários.

Para acessar, basta adicionar o aplicativo ao seu perfil clicando aqui.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

O uso de mídias sociais nas empresas

Mídias sociais
Crédito

Acabei de ler essa matéria da Exame sobre o uso de mídias sociais e um dado me chamou bastante a atenção:

Uma pesquisa realizada em 2008 pela consultoria especializada em internet Forrester revela que 60% de 189 das maiores companhias do mundo ainda preferem métodos tradicionais para se relacionar com os clientes, como sites e newsletters. Apenas 13% consideram as redes sociais importantes.

A dificuldade das empresas em adotar as mídias sociais é até compreensível. Elas se acomodaram a um modelo de comunicação de mão única (“Eu falo, você escuta”) e agora se veem obrigadas a se adaptar a um modelo de mão dupla (“Eu falo, MAS TAMBÉM escuto”).

Mas fato é que as mídias sociais estão aí e a tendência é que cresçam cada vez mais. Por isso, as empresas que continuarem se fazendo de surdas, com certeza, vão perder grandes oportunidades de monitorar o que está sendo dito sobre elas, de rebater opiniões negativas a seu respeito e de estreitar o relacionamento com seus clientes.

Talvez essas empresas deveriam aprender um pouco com Obama, o homem que em 2 anos deixou de ser um desconhecido para se tornar o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

O uso de mídias sociais na campanha de Obama

Obama
Crédito

O pessoal da SocialMedia8, uma agência especializada em mídias sociais, fez uma apresentação muito legal sobre o uso delas na campanha de Obama. Vale a pena conferir. É só clicar aqui.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Editoras Online – Ler ajuda

Recebi por e-mail esse comercial da Editoras Online que, além de ser mais um para a série “Viva a simplicidade!“, também tem muito potencial viral. Assista:

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Eletronic Arts pega os limões e faz uma limonada em novo viral

No ano passado o usuário Levinator25 postou um vídeo no YouTube revelando um bug no jogo “Tiger Woods PGA Tour 08” que permitia ao melhor jogador de golfe do mundo andar sob a água que nem Jesus:

O que a Eletronic Arts, fabricante do jogo, fez? Processou o usuário? Obrigou ele a tirar o vídeo do ar? Não. Esperou até agora para responder e, rindo de si mesma, aproveitou para divulgar a versão 2009 do jogo num viral sensacional em que o tal bug é mostrado como não sendo exatamente um bug:

Parabéns para a Eletronic Arts por entender a era do conteúdo gerado pelo consumidor, pegar os limões e fazer uma bela limonada.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

E o Firefox conseguiu!

Clique para ampliar:

Graças ao Download Day, um verdadeiro “evento” em cima do lançamento da sua nova versão, o Firefox conseguiu entrar para o Guiness como o programa mais baixado do mundo em 24 horas. No total foram feitos 8.002.530 downloads, 598.116 só no Brasil.

Como eu já falei nesse post, no final das contas o recorde foi o de menos. Muito mais importante foram o boca-a-boca e a mídia espontânea gerados, além, lógico, do estreitamento da relação do Firefox com seus usuários.

Se você deu sua contribuição para o recorde, clique aqui para baixar seu certificado personalizado.

Se você ainda não baixou o Firefox 3.0, não perca mais tempo e faça o download clicando aqui.

Agora eu também estou no Twitter. Me siga! http://twitter.com/felipemendes87

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: