Um blog sobre qualquer coisa que valha a pena escrever.

Posts marcados ‘Mídias alternativas’

Iodex – Árvores de Natal

Iodex
Clique para ampliar

Muito legal essa ação ambiente que a Phoenix Ogilvy, do Sri Lanka, criou para a Iodex, uma marca de tranquilizante para a dor nas costas.

O objetivo era passar a ideia de que a Iodex é uma especialista em alivar a dor nas costas. Qual foi a solução encontrada? Instalar árvores de Natal em pontos-de-venda do produto durante o período natalino. Mas qual foi a grande sacada? Só enfeitar a parte de cima das árvores. Com isso, eles conseguiram passar facilmente a ideia de que a pessoa estava com tanta dor nas costas que não conseguiu se abaixar para enfeitar a parte de baixo.

Para fechar com chave de ouro eles colocaram uma mensagem do lado da árvore que dizia o seguinte: “Abençoe suas costas neste Natal”.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Anúncios

O uso de mídias sociais nas empresas

Mídias sociais
Crédito

Acabei de ler essa matéria da Exame sobre o uso de mídias sociais e um dado me chamou bastante a atenção:

Uma pesquisa realizada em 2008 pela consultoria especializada em internet Forrester revela que 60% de 189 das maiores companhias do mundo ainda preferem métodos tradicionais para se relacionar com os clientes, como sites e newsletters. Apenas 13% consideram as redes sociais importantes.

A dificuldade das empresas em adotar as mídias sociais é até compreensível. Elas se acomodaram a um modelo de comunicação de mão única (“Eu falo, você escuta”) e agora se veem obrigadas a se adaptar a um modelo de mão dupla (“Eu falo, MAS TAMBÉM escuto”).

Mas fato é que as mídias sociais estão aí e a tendência é que cresçam cada vez mais. Por isso, as empresas que continuarem se fazendo de surdas, com certeza, vão perder grandes oportunidades de monitorar o que está sendo dito sobre elas, de rebater opiniões negativas a seu respeito e de estreitar o relacionamento com seus clientes.

Talvez essas empresas deveriam aprender um pouco com Obama, o homem que em 2 anos deixou de ser um desconhecido para se tornar o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Cabides para divulgar perfume de Christina Aguilera

Perfulme Christina Aguilera
Clique para ampliar

Muito interessante essa ação ambiente criada pela agência Mizbala, de Tel-Aviv, Israel. O objetivo era motivar as pessoas a comprar o novo perfume de Christina Aguilera através do conceito “Às vezes ele é tudo o que você precisa usar (no sentido de vestir)”.

A solução que eles encontraram foi pendurar em lugares públicos por todo o país milhares de cabides com uma amostra do perfume e uma embalagem com a marca de Christina Aguilera.

Simples e direto. A ação alcançou 1 milhão e meio de pessoas, levou ao mais alto número de vendas de um novo perfume na história de Israel e gerou muito boca-a-boca e mídia espontânea. Além disso, o perfume se esgotou em menos de uma semana.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Colgate – Palitos com forma de escova de dentes

Colgate 01

Colgate 02

A Young Rubicam de Bangkok, Tailândia encontrou uma forma muito interessante de lembrar as crianças da importância de escovar os dentes depois de comer doces. A ação criada para a Colgate consistia em redesenhar os  palitos de picolés e pirulitos com a forma de escovas de dente. As “escovas” ainda vinham com a mensagem “Não se esqueça” impressa.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Mentos – Saída de ar do metrô como mídia

Eu sei que estou muuuuuito atrasado, mas como boas idéias são sempre boas idéias, resolvi postar essa ação ambiente da Mentos que foi feita em setembro desse ano:

Usando a mesma idéia do artista plástico americano Joshua Allen Harris, a saída de ar do metrô foi usada como mídia para chamar a atenção das pessoas.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Osram – “Só use a eletricidade quando precisar”

Hoje em dias as pessoas estão tão críticas em relação à publicidade que só falar que a sua empresa é isso e aquilo não vai passar de mais um discursinho bonito (às vezes nem isso) e vazio. Muito mais importante e efetivo é mostrar porque a sua empresa é o que você fala. Por isso essa ação da Saatchi & Saatchi de Cape Town para a Osram, uma fabricante de lâmpadas, é tão pertinente.

Num abrigo de ônibus que só acende quando tem alguém embaixo, eles escreveram: “Só use a eletricidade quando precisar.”.

Via.

Me siga no Twitter: http://twitter.com/felipemendes87

Advertising is dead, Long live advertising

Ontem eu terminei de ler Advertising is dead, Long live advertising, um livro muito bom sobre mídias alternativas e marketing de guerrilha que eu ganhei de aniversário da minha amiga Débora.

O livro é muito atualizado e traz nas suas 224 páginas coloridas tanto teoria (sempre numa linguagem muito simples e direta) como prática (230 cases de todo o mundo, inclusive do Brasil). Com certeza, vai ajudar muito na minha monografia (A migração das verbas de veiculação para as mídias alternativas) e é leitura obrigatória para quem gosta do assunto.

Agora vou começar a ler Ponto de Impacto, o único livro do Dan Brown que eu ainda não li. Assim que eu terminar, posto aqui, aguardem!

Agora eu também estou no Twitter. Me siga! http://twitter.com/felipemendes87

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: